domingo, 22 de março de 2009

fides

acredito no que não vejo.
o que eu vejo é inacreditável.
o que percebo é do espírito.
o que não percebo é sonho, devaneio.

tenho fé que as coisas sejam diferentes, ainda que que nada mude..
muda o flagelo...
muda o sonhos...
muda os problemas...
e a fé permanece... vêm a desordem... o caos...
e eu acordo mais um dia....

mutandis flagelatum...

Nenhum comentário: