quinta-feira, 16 de outubro de 2008

comum unidade

quero ser contigo comum unidade
quero ser contigo o uno de plotino
quero ser por ti forma da matéria

quanto caos se faz no coração onde o não há unidade
quanta tristeza e falta de cor minha vida possui não haver unidade em ti!!
ahhh!!!! me sinto oprimido pelo cansaço do que não posso compreender
e do que não sei viver.

quero estar em harmonia, apenas um pouco de harmonia, contigo e com todo o resto...
para que todo o resto faça sentido, para que viver seja doce e limpido... só quero a brisa no meu rosto, porque o furacão
machuca e mata...
quero unidade comum, é coisa simples, por isso é comum, não é nada de místico, nada de sagrado.. quero o profano mesmo, por que é humano, é da vida humana e não dá divina.. e meu coração sendo de carne não aspira oque não pode sentir, mas apenas o toque é o que deseja assim como o mais vermelho sangue que por ele corre...

Nenhum comentário: