quinta-feira, 20 de agosto de 2009

David Hume e os realitys shows

Depois de ver o programa hoje em dia hoje de manhã na tv record, percebi como a teoria moral de Hume explica o sucesso deste gênero de entretenimento. É que Hume em sua "Investigação sobre os princípios da moral" afirma que a moral surge da simpatica, da empatia e da antipatia em relação ao outro, considerar algo bom ou ruim, alguém justo ou injusto depende de como as ações do individuo nos afetam. A verdade é que em um mundo onde a lógica perde sua força e a ditadura da imagem impõe sua ordem e pauta do dia. Isso faz muito sentido, principalmente na TV, onde um lágrima que cai significa pena, e "humanidade" como os sentimentos podem ser manipulados, a verdadeira aplicação da retórica em função de atenção e desviando a atenção para coisas mais importantes. não é que rir e se divertir não seja importante, mas esta não é a finalidade ultima da nossa vida. Interessante como o pathos é afetado e uma nova linguagem surge nesse meio onde oque vale é a impressão que eu causo e não a verdade. isso me lembra...um certo modo de pensar na Grécia do Século IV a.c.
Voltando a Hume ele nos deixou essa importante descoberta, a de que somos afetados moralmente por sentimentos empáticos. nossa moral não é regida pela razão... pensava o filósofo inglês, mas pelo modo como lemos o comportamento do outro e qualificamos como útil ou não.. e no final não há milagres.. apenas falsários fingido de bonzinhos em nome de uma ideologia duvidosa.. e que ideologia não é duvidosa....

Nenhum comentário: