sábado, 1 de maio de 2010

Lipé

Tu desconhece a minha dor
Dor ferida, corte profundo
desconhece e me retalha, me faz em padaços

minha dor é tão só minha, só eu sei a profundidade e sua extensão.
quem diz que minha dor não é nada, não sabe que ela é minha e de ninguém mais.

Minha dor, que você desconhece..
minha dor que você finge conhecer
Minha dor antipática e alheia ao seu mundo...

Tu desconhece essa ferida sempre aberta no meu peito, que verte sangue sem parar.
Ferida,dor,sentimento massacrado, coração partido.....

Minha dor é amar e saber que não amor para mim que até aqui Eros me pune com severidade
Eros que me despreza por ter escolhido as musas e Athena e não Aphrodite para servir...

Essa dor dilacerante fonte da minha angustia, que remói meu desejo
que acaba com as minhas esperanças...

Essa ferida que tem cheiro de morte... e que me faz viver como um morto...

Nenhum comentário: