domingo, 16 de março de 2014

O Olhar e o sorriso


Vi o teu olhar e me encantei
Na profundeza de seus olhos eu me perdi
Olhos tão belos quanto o céu estrelado
Olhar misterioso que desamarra o desejo.

Vi o teu sorriso e me alegrei
Tua boca desenhada por mãos divinas
Teus lábios com textura de pêssego.
Sorriso amoroso que suscita felicidade.

Entre o teu olhar e o teu sorriso confuso fiquei
Mergulhado nos mistérios que a tua alma oculta nos teus olhos
Atordoado pelo brilho luminoso do teu sorriso.

Seus olhos tem a beleza da poesia lírica
Seu sorriso o doce sabor da ambrósia
Esses olhos que param o tempo para mim quando os contemplo
Esse sorriso que me faz esquecer tudo o que me cerca.

Sempre que vejo seu olhar me deixo ser seu prisioneiro
Escravo por escolha dos teus mistérios
Sempre que vejo seu sorriso sou agraciado
Pois na beleza dos teus lábios me foi dado a alegria de presente.

Nos teus olhos vejo o brilho do que é invisível a todos
E no teu sorriso vejo o beijo da luz do sol amando a terra todas as manhãs.


Nenhum comentário: