terça-feira, 30 de setembro de 2014

Caminho para Lugar nenhum

Percorro um caminho de desencontros
Estradas paralelas que não se cruzam
Vias em que o destino pouco importa
Ruelas vazias e solitárias.

Percorro o caminho para lugar nenhum
Cheio de desencontros e ironias
Cheio de fetiches e mentiras
Estrada que não tem destino-envio.
Passagem para a invisibilidade
Trajeto do esquecimento.

Caminho sem asfalto
Caminho de terra batida
Caminho que não tem início e nem saída.
Caminho solitário via de solidão
Invisível aos seus olhos
Vou para lugar nenhum
Vou para o sem destino
A caminho do esquecimento.

Caminho para lugar nenhum
Via para a ausência
Trajeto da saudade

Desencontros e desencantos com a verdade.

Nenhum comentário: