quarta-feira, 3 de setembro de 2014

Ventania

Ventania último sopro do inverno em meu ser.
Ventania um suspiro de amor por você.
Ventania sopra como uma brisa e resfria a alma.
Ventania que balança tudo a minha volta e me acalma.

Esse sopro gelado que tem o frescor dos lábios.
Dá adeus ao inverno passando veloz
Carregando como um abraço forte e atroz.
Ventania e chuva para lavar o coração.
Joga tudo irremediavelmente no chão.
Ventania é a vontade que tenho de te ver.
Como ficamos ao olhar o céu nublado torcendo para o sol aparecer.

Ventania é força do meu amor por você.
Te envolve e não te carrega,
Te refresca, mas não te sufoca.
Te faz sentir-se viva sem te revelar a face da morte.
Te beija molhado em forma de chuva e orvalho.
Ventania anuncia que o frio da solidão está de partida
E nos lembra que depois da tristeza dos dias cinzas
Vem o sol com a sua luz e calor para trazer a alegria
Como você me alegra e aquece com o seu amor.

Nenhum comentário: