sexta-feira, 2 de janeiro de 2009

ano novo

Dia 31 eu postei minha mensagem faltando poucas horas para o inicio de um novo ano. e aqui estou postando a continuidade do que falei no texto passado, passada as festas é hora de colocar os pés no chão e tira a cabeça das nuvens e voltar ao mundo real, embora as nuvens de chuva nos atrapalhem deveras no tirar a cabeças das nuvens.

A verdade é que foi bom tomar a sidra, foi bom sonhar até as 4 horas da manhã, sonhar é bom e depois sonhei de novo pois fui dormir. Mas a realidade é bem mais dificil, mais acaso que certeza, mas trevas que luz e cá estou a procurar uma lanterna, uma luneta ou mesmo meu binoculo estimado, para ver oque há a minha frente, seja perto ou seja longe, por hora sei que há solidão, e mesmo em festa é sozinho que me sinto e sempre sozinho estarei, não é o meu fardo ou carma, mas o meu destino.
espero sinceramente que não tenha que esperar nada, que a ação diga por si mesma e me favoreça das intemperies da sorte, que a deusa mal humorada não se zangue por tal atributo, mas se lembre que este mortal nada fez para ela que merece castigo.

reintero a minha alegria sempre a sombra da tristeza de saber que nem tudo é possivel por mais que façamos paras que seja! e aí de nós mortais que sempre nos atrevemos que a desejar o impossivel como se fossemos deuses!!

Nenhum comentário: