domingo, 26 de julho de 2009

Two and half man e a amizade em Cicero

Hoje eu vi um episódio de two and half men na WBTV e além do humor ácido do seriado não poderia deixar de comentar a referência indireta ao filósofo Cicero.
No episódio Charlie pede ao seu irmão Alan que demore a voltar pra casa por que vai receber alguns amigos para um encontro e não queria a participação dele. Alan o pergunta o por que de ele não poder participar de tal reunião, e Charlie responde que ele é irmão , não é amigo dele. a resposta é interessante porque o filósofo Cícero afirma no seu tratado sobre a amizade que " os parentes serão parentes ainda que os laços sejam rompidos afetivamente, mas um amigo não permanece amigo, quando o afeto acaba" (cito de memória) Charlie diz um pouco diferente, mas traduz a mesma idéia. Charlie vai responder ao seu irmão: "Vc não escolhe seus irmãos, mas os amigos sim" não é o princípio de universalidade, mas a fatalidade ou o determinismo que garante o grau de parantesco, a amizade é fruto da escolha e do vínculo construído com tempo.
Então lembre-se parentes a gente não escolhe, os amigos sim e amigos podem partir se magoados parentes ainda que não se relacionem com a gente, vão continuar ligados a nós pelo vínculo sanguineo.
melhor que o estoicismo de Cícero só o cinismo de Charlie Harper em two and half man.

fica aí duas sugestões a série hilária e a obra um verdadeiro clássico da filosofia da antiguidade tardia.

Nenhum comentário: