terça-feira, 15 de setembro de 2009

caminhos

O caminho que sigo me leva a encruzilhada da vida
caminho de nada ser
caminho de algo ser
caminho de determinar o ser

viver é caminhar por entre espinhos
se arranhar é condição para caminhar
não pode faltar ânimo, anima movimento
parar é proibido parar é condição para se plantar no meio do caminho e cultivar tristeza.

caminho do discurso,dicursividade através do qual não me perco, mas assinalo o que vejo e o que sinto...

ambiguidade é a linha que divide a estrada da vida e eu transito entre as duas faixas sem medo....

Nenhum comentário: