sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

Reflexão para o ano novo no ano velho

O novo ano ainda não chegou e já a alguns dias atrás eu já pensava fazendo um pequeno retrospecto deste ano que termina e me perguntando como será o ano que vai chegar.
sou capaz de contar nos dedos tudo de negativo que me aconteceu este ano, a saída da platão,o rompimento com uma pessoa querida, a morte do pai de um grande amigo o fracasso no mestrado enfim, muitas coisas ruins aconteceram.
Mas aconteceram algumas coisas boas, das quais devo ressaltar o meu avanço no estudo do grego antigo e em Aristóteles, afinal de contas o meu projeto de mestrado tão batalhado saiu este ano e agora vai ser aperfeiçoado.
Confesso que não tenho sorte em anos pares, isso talvez se dê por uma bobagem superticiosa da minha parte ou apenas por coincidência ou ainda por que eu mesmo nasci em um ano ímpar.
Não tenho promessas para o novo ano, apenas penso em trabalhar duro, pegar firme em meus estudos e seguir em frente, não sei se irei amar alguém ou se serei amado por alguém o que eu sei é que não deixarei o destino rir de mim este ano e se ele rir eu rirei com ironicamente com ele. eu não sou o tipo que chora, raramente derramo lágrimas a menos que realmente seja um motivo forte e justo para elas. A minha vida me tornou resistente a dor, mas jamais me fez superar a tristeza e me deu poucas alegrias e muitas ilusões. Mas ainda posso contar com aqueles que confiam e acreditam em mim e isso nem um destino irônico pode me tirar!
meus votos são de um ano de muito trabalho, que as pessoas não se encham de princípios morais e desejos que não vão se esforçar para cumprir.
acima de tudo que o estourar da garrafa seja simbólico para quem quer fazer diferente de verdade.
que o ano novo chegue para todos, que o ano novo cumpra seu curso sem problemas para cada um!
que o ano novo seja feliz apesar de tudo!

Feliz ano novo!

Nenhum comentário: