sexta-feira, 17 de maio de 2013

Persuasão




Ah, se eu fosse capaz de te enfeitiçar com as palavras
Se o que eu sou ficasse transparente para ti
Se eu fosse só encanto e fosse fácil te seduzir

Quisera eu ter argumentos de razão suficiente
Que o seu coração se convencesse
Que a sua alma se inclinasse
E as minhas palavras te alcançasse

Ah, se eu fosse capaz de te encantar com as palavras
Te fazer deixar-se seduzir pela transparência  das razões que lhe apresento
Razões de um coração sem razão
Razões de uma alma razoável

Não sei persuadir
Não sei encantar e nem enfeitiçar
Posso apenas oferecer me como argumento que se não persuadi por si não haverá
Nenhum outro argumento que o faça...
Persuasão é inclinação da alma
É assentimento do coração à verdade escondida na transparência das palavras.


Nenhum comentário: