terça-feira, 11 de junho de 2013

Inverno

O inverno se aproxima o inverno já vem
O frio do clima desvio na minha alma
O frio na minha alma é o anúncio da morte.

O inverno se aproxima,
Por que tu ó, sol se pôs para mim!
Por que tu, ó Lua escondestes entre as nuvens a sua face iluminada!
O inverno se aproxima e com ele a tua alma gelada
O inverno se aproxima e com ele os ventos do esquecimento

Ansiedade e medo duas palavras que traduzem o que sinto
São sinônimos da minha tristeza e traduzem a arritmia que me acossa.
O inverno nem chegou para mim dura uma eternidade
O inverno ainda não veio, mas é como se todo o frio me perseguisse.
Manhã sem sol e noite sem lua...
Manhã gelada de desespero
E noite fria de ventanias tempestuosas...

O inverno se aproxima e nos distanciamos
O inverno que ainda não chegou anuncia a sua partida
O frio pálido
As noites longas

O inverno chegou e eu não tinha reparado
São as noites em claro
Os dias sem vida

E a ansiedade de uma primavera longínqua...

Nenhum comentário: