terça-feira, 20 de maio de 2014

Brisa de outono



Lá vem a tarde caindo de mansinho lá vai o sol partindo com um sorriso.
E com a noite vem as estrelas brilhando junto com elas vem a brisa de outono.
Brisa de outono beija o meu rosto amiga invisível companheira doce e gentil.
Suave transeunte que da vida a vida amena do outono movimenta em mim a alegria.

Lá vem a noite e com ela a lua e lá vai a brisa serena e feliz.
Brisa de outono é fria e deliciosamente gelada refresca a minha alma.
Amável amiga me abrace e refrigera meu coração, não deixe virar pedra.
Brisa agradável amiga inseparável acompanha-me e leva-me como as folhas que vem ao chão nos dias calmos do outono.


Lá vem a manhã fria e preguiçosa e lá vem o sol chegando sorridente.
E com ele a luz e o calor vem chegando brisa de outono venha ao meu encontro.
Suave como um abraço terno, gentil beijo gelado que toca o meu rosto e me oferece seu carinho.
Brisa de outono alegria de um reencontro, brisa suave amizade sincera.

Lá vem a brisa serelepe, geladinha.
Lá vem a brisa de noite e de dia.
Vem com o outono e traz alegria para o meu dia.
Vem com o outono essa brisa amiga.



Nenhum comentário: