terça-feira, 16 de dezembro de 2014

Covardia

Me falta a coragem de te procurar
Pois tenho em excesso o medo de te perder
Se não te procuro como é que te tenho?
Doce ilusão é ter o que já está perdido.

Me falta a coragem de te olhar
Pois tenho vergonha de reconhecer
Se não reconheço, seria possível te amar?
Outra ilusão, desejar no íntimo os deuses vazios, ídolos.

Me falta a coragem de te amar
Sou um procrastinador
Enquanto espero a pessoa certa e a hora certa você fez acontecer com outro e me deixou sozinho outra vez.

Me falta coragem
Essa sina covarde
De achar o amor lindo, mas o dos outros
De achar a amizade importante, mas a distância

Me falta coragem

Por excesso de covardia eu parei de viver.

Nenhum comentário: