domingo, 22 de maio de 2016

Abraço

Proteção contra mau olhado
Cercanias para o bem amado
Limite ilimitado.

Um mundo acolhedor
De onde escoa toda dor
Espaço para o amor.

Entre braços a acolhida
Que cicatriza a ferida
Se abre e se fecha
A cada chegada e partida.

Em teus braços me esquento
Do frio e do vazio não me alimento
Sublime momento
De curto espaço de tempo.

Abraço substantivo em ato
Abraçar verbo em movimento
Infinitivo de afeto
Um carinho de momento.

Gesto simbólico da união
Anseio de comunhão
Encontro do coração.


Brener Alexandre 22/05/2016

Nenhum comentário: